Contorno facial na vida real – como eu faço

Mais um post sobre contorno facial!

Hoje chegou a vez de tentar mostrar com eu contorno o meu rosto, mas antes recomendo que você entenda como isso funciona, os produtos ideais e muitas dicas pra você fazer essa técnica acontecer na vida real…na sua vida.

Dá um pulo nesse post aqui que eu explico direitinho!

como-funciona-a-maquiagem
Chega de loucura e vamos lá!

Tentei fotografar da melhor maneira possível e acabei carregando um pouco nos produtos pra mostrar melhor o efeito de luz e sombra.

O objetivo de contornar o rosto é harmonizar o seu formato e trazer aquela sensação de emagrecimento:
Escurecendo regiões: esconder a papada, afinar as bochechas / nariz e disfarçar o tamanho da testa.
Clareando regiões: ressaltar as maçãs do rosto, trazer o queixo pra frente e aumentar os lábios de leve.

Contorno é ilusão de óptica, não faz milagres!

A Kim Kardashian consegue ilustrar bem as regiões que ela curte contornar:

4

Eu particularmente só afino as bochechas/papada e ilumino o queixo, mas fiz um pouco mais que o habitual para mostrar os efeitos, ok?!

Aqui temos euzinha sem dignidade:.

Pele limpa / base aplicada.

Claro que a base disfarça minha vermelhidão, olheiras e uniformiza a pele…mas o rosto fica PLANO…sem profundidade que as variações de luz e sombra nos dão, e isso traz uma aparência não saudável.

No esquema abaixo dá pra ter uma ideia dos locais que se deve escurecer e clarear para ganhar profundidade no rosto (aquele esquema da Kim acima também te ajuda):

contorno_desenho

Utilizo um pincel de blush para contornar bochechas e queixo e um pincel de esfumar sombra para contornar o nariz.

Os produtos devem ser concentrados nas regiões, mas sempre bem esfumados, evitando que as pessoas vejam exatamente aonde começa uma cor e termina a outra.

Boca de peixinho ajuda a aparecer o sulco aonde o pó escuro deve ser aplicado.

Você pode apertar as cerdas do pincel para ele ganhar um formato certinho. Venha escurecendo desde a orelha no sentido dos lábios….abaixo do osso da maçã (sempre abaixo e nunca sobre o osso)….só não se aproxime da boca…o objetivo é aprofundar a bochecha! Esfume muito!!!! Eu usei um pó mais escuro que o meu tom de pele e com um fundo frio/acinzentado. O pó escuro na raiz dos cabelos diminui a testa (eu quase não tenho testa, portanto não contorno ali…só encenei pra te mostrar!).

Afinar o nariz implica em escurecer as laterais e iluminar o dorso. Sempre de leve para parecer somente um sombreado (se usar muito produto vai parecer que está sujo!). Na dúvida, volte no desenho acima que mostra as regiões pra lembrar!

Para clarear/iluminar eu usei um corretivo mais claro que meu tom de pele (misturei produtos líquidos e em pó para mostrar que você é quem decide o que funciona melhor!). Centro da testa, abaixo dos olhos, dorso do nariz e queixo. Espalhe com os dedos ou um pincel da sua preferência.

Lembre-se: depois de tanto escurecer e clarear….o resultado ainda deve ser sutil!

Pele limpa / contorno feito.

Sei que o resultado é delicado, mas dá pra notar um rosto mais fino, nariz afinado e pele com acabamento viçoso?! Espero que sim!

Vale ressaltar que o contorno é uma etapa da maquiagem de pele, portanto não existe para aparecer com intensidade e cor no final do processo. Ele embeleza o rosto com sutileza, assim você parece melhor, mas quem te olha não sabe exatamente o porquê.

Pele limpa / contorno / maquiagem pronta

Dicas

  • Contorno é diferente de bronzer. Para contornar o marrom deve ter fundo frio / acinzentado, para bronzear o fundo deve ser quente…portanto cuidado para não contornar o rosto com um produto avermelhado.
  • Pegue leve no brilho ao usar os produtos claros no contorno…prefira pós e cremes opacos e depois passe um iluminador aonde você quiser ganhar mais atenção (nada de parecer a globeleza, afinal muito brilho dá impressão de pele oleosa).
  • Produtos em creme dão um pouco mais de trabalho no contorno pois você tem que “assentar” com um pó no final….os pós são mais práticos, mas tudo depende do seu tipo de pele.
  • Quando contornar as bochechas, deixe pelo menos 2 dedos de distância da sua boca para o pó escuro!
  • Deixo abaixo um esqueminha bem simplificado de como você pode usar e variar o contorno dependendo do seu formato de rosto:

2

  • O blush deve ser aplicado normalmente depois do contorno facial. O blush fica exatamente sobre a maçã do rosto e o contorno estará abaixo…são lugares e tons diferentes!

Agora é começar a treinar, se olhar e escolher o contorno que te favorece!

Você pode deixar dúvidas aqui nos comentários!

Não deixe de me seguir no Instagram @karenrothsaiz e marcar suas fotos com produtos e assuntos vistos aqui com #escolhasdebeleza para eu poder acompanhar!

Beijos e até a próxima!

 

 

Anúncios

Contorno facial na vida real – Dicas e produtos

*Eu sei que o blog ficou um pouquinho parado essa semana, mas alguns acontecimentos nos tiram da rotina… Mas vamos ao que interessa?!

A técnica de contorno facial não é novidade, mas ganhou notoriedade com as maquiagens lindas que a Kim Kardashian começou a desfilar na nossa cara.

6

Apesar de saber que ela já mexeu um bocado no rosto, muita gente começou a ver cirurgias plásticas aonde só existiam truques de luz e sombra feitos com maquiagem.

3

E aí foi aquela enxurrada de posts, tutoriais, vídeos e demonstrações de técnicas e mais técnicas de usar um monte de produtos claros, escuros, coloridos e ganhar uma pele de photoshop.

Posso dizer?

Não consigo ver isso funcionando na vida real, na nossa pele, saca?! É legal conhecer novas formas de se maquiar, aprender truques, mas também é preciso saber que isso funciona melhor se você tiver tempo ou quiser algo mais elaborado para uma ocasião especial.

Você acorda cedo, se arruma rapidinho, engole um café da manhã, toma um banho, apronta as crianças, lanche, leva pro colégio e sai pra trabalhar! Dá pra ficar meia hora contornando o rosto pra disfarçar um queixo pontudo ou uma bochecha mais pronunciada? Como sua pele se comportaria com um monte de produtos cremosos e você sem tempo pra fazer um retoque durante sua jornada?

Por isso resolvi falar sobre o contorno da vida real.

Entenda: eu não sou maquiadora. Não estou falando que as técnicas não funcionam. Só acho que precisamos de uma dose de realidade pra fazer isso funcionar na nossa vida. Sou mulher real, trabalho fora e também quero contornar o meu rosto, só que sem a ajuda de um profissional e sem ficar frustrada!

Você pode…

  • Afinar as o rosto de leve e parecer mais magra.
  • Diminuir a papada e emagrecer mais um pouco.
  • Afinar o nariz e arrebitar a pontinha.
  • Ressaltar as maçãs do rosto.
  • Ganhar efeito de lábios maiores
  • Iluminar o centro do rosto.
  • Reduzir a testa e os cantos muito pronunciados do seu rosto (maxilar, por exemplo).

 

Hoje falaremos sobre algumas dicas que eu acho importantes na hora de contornar o rosto e mais adiante, em outros posts, pretendo mostrar como eu faço no meu rosto. O assunto é extenso, por isso resolvi dividir o conteúdo pra não ficar muito cansativo. Escolher os produtos certos pra você é tão importante quanto saber fazer.

O que você precisa entender

Pontos chave:

  • Entender que o contorno trabalha a luz e a sombra que incide sobre o rosto.
    • Luz: locais mais claros e iluminados que ganharão destaque e se projetam pra frente (são ressaltados).
    • Sombra: locais mais escuros que ganharão profundidade e se tornarão menos evidentes.
  • Se olhar no espelho e determinar seu formato de rosto, ou simplesmente decidir o que você quer ressaltar/aprofundar para ganhar harmonia na proporção do rosto.

Um exemplo: se você acha sua testa grande, esta deve ser uma área que merece um escurecimento para dar a impressão de ser menor e tudo ficar mais proporcional, entende?

Produtos para contorno

Existem milhões por aí. Acho que você deve levar algumas coisas em consideração na hora de escolher os seus:

  • Tipo de pele: se você tem pele madura ou oleosa, não escolha produtos em creme que se acumulam ou derretem rapidamente. Talvez seja melhor optar por cremes sequinhos de longa duração ou produtos em pó. Já as peles mais secas toleram produtos em creme mais hidratantes para evitar aquele efeito craquelado após um tempo.

15

  • Quanto tempo você dispõe para fazer sua maquiagem: produtos cremosos tem que ser bem espalhados nas regiões certas do rosto e bem fundidos ao resto da pele para uma aparência natural. Isso leva um tempo. Os produtos em pó também devem ser bem espalhados, mas um pincel legal e a mão leve na hora de aplicar facilitam esse processo acontecer mais rapidinho.
  • Tom de pele: escolher cores certas para contorno é essencial. Os tons mais claros e escuros que você deve usar não podem ser muito diferentes da cor original da sua pele, senão o efeito será marcado e falso. O legal é a suavidade na transição das cores. Opte por tons somente um pouco mais claros e escuros.
    • Além disso, o contorno não deve colorir a pele (como um blush), só contrastar, então o ideal é escolher um marrom frio (fundo acinzentado e não avermelhado), para parecer uma sombra no rosto e um bege com um ou dois tons mais claros para iluminar (sem aquele efeito panda invertido).
7
Olha a Kim aí com um efeito muito mais claro abaixo dos olhos. A testa parece mega escura e o blush ficou marcado (contraste errado!).
  • Intensidade e naturalidade: lembre-se que quanto mais produtos e quantidades colocar, mais artificial vai ficar. Não adianta passar uma base super pesada e ainda encher o rosto com corretivos coloridos buscando uma pele natural. Se você deseja pesar a mão no contorno cremoso, pegue leve na base ou assuma o risco de ficar com a cara mais rebocada!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Como já disse, não sou maquiadora profissional, além disso existem diversos jeitos de fazer contorno. Você precisa tentar, testar, se olhar e fazer outros jeitos pra decidir o que prefere.

Só lembre-se sempre que tons claros ressaltam e escuros aprofundam e escondem.

Dicas anotadas?

Em breve vai ter post por aqui mostrando como eu faço, com direito a fotos de antes e depois, ok?!

Beijos e até a próxima!!!